4 razões pelas quais o ouro é um metal incrível e como reconhecer ouro falso

 

Plasticidade

O ouro é um metal macio e amarelo com um brilho lustroso bonito. É o mais maleável e dúctil de todos os elementos. O ouro é tão maleável que pode ser enrolado em folhas semitransparentes e tão dúctil que pode ser puxado para fios pequenos o suficiente para serem usados em semicondutores. Uma onça (28 g) de ouro pode ser batida para 300 metros quadrados. Você poderia dizer que o ouro é o Play-Doh dos metais.

Condutividade

O ouro é um bom condutor de calor e eletricidade. Entre todos os materiais preciosos, a prata tem a mais alta condutividade térmica e a mais alta refletância de luz. Embora a prata seja o melhor condutor, o cobre e o ouro são usados com maior frequência em aplicações elétricas porque o cobre é mais barato e o ouro tem uma resistência à corrosão muito maior. Como o ouro nunca se corrói e pode ser moldado em qualquer formato, ele é usado para fazer conectores elétricos de longa duração em todos os tipos de dispositivos.

Reatividade

O ouro é um dos elementos menos reativos da Tabela Periódica. Não reage com o oxigênio, por isso nunca enferruja ou corrói. O ouro não é afetado pelo ar, água, álcalis e todos os ácidos, exceto o aqua regia (uma mistura de ácido clorídrico e ácido nítrico) que pode dissolver o ouro. Na verdade, a resistência ácida do ouro é uma das razões pelas quais nossos testes de ácido são tão precisos. O ouro reage com halogéneos. Irá, por exemplo, reagir muito lentamente com gás cloro à temperatura ambiente para formar cloreto de ouro, AuCl3. Se o cloreto de ouro é aquecido suavemente, ele se decompõe para liberar os elementos puros novamente. O ouro também é resistente à maioria das bases, com exceção do cianeto de potássio.

Refletância de energia

A refletância de superfície de um material é sua eficácia em refletir a energia radiante. É a fração da potência eletromagnética incidente que é refletida em uma interface. O ouro é um bom refletor de energia radiante eletromagnética, incluindo ondas de rádio, infravermelho e radiação ultravioleta. As propriedades ópticas características do ouro, combinadas com sua resistência completa ao ataque em qualquer ambiente e sua capacidade de ser aplicado como filmes muito finos, fazem do ouro um material muito versátil para diversas aplicações industriais. Por exemplo, o ouro é frequentemente usado em aplicações aeroespaciais para fornecer revestimentos de proteção para componentes de satélite e roupas espaciais.

Como uma refinaria, lidamos com altos volumes de ouro em todos os tipos de formas, pesos e níveis de pureza. Graças às nossas tecnologias, podemos aproveitar vários tipos de testes para autenticar o valor de fusão de qualquer coisa que um cliente possa nos trazer.

No entanto, existem também várias maneiras rápidas e fáceis de identificar ligas a partir de ouro puro.

Descoloração: O ouro puro não manchar, portanto, verifique cuidadosamente qualquer descoloração. Mesmo pequenas variações de tonalidade podem revelar ouro falso.

Ímãs: O ouro (como a maioria dos outros metais preciosos) não é magnético. Se a peça em questão reagir ao íman, isso só pode significar que o ferro, o níquel ou outro material ferromagnético é ligado ao ouro, de modo que pode ser um quilate menor do que o anunciado.

Coçar: Mesmo sem ácido, um teste simples de arranhão é suficiente para descobrir muitos tipos de ouro falso. Um teste de Raspadinha de Porcelana pode ser executado usando um azulejo não esmaltado ou uma placa de cerâmica e arranhando o objeto no azulejo. Se deixar uma faixa preta, o item não é ouro. Se a faixa tiver cor dourada, o item provavelmente será ouro. Isso pode arranhar a peça, mas não deve causar muito dano.

Teste de flutuação: Verifique a flutuação do item soltando-o em um copo de água. O ouro real é denso e afundará, mas muitas ligas irão flutuar. Além disso, se a sua peça enferrujar ou descolorir, ela é banhada ou falsa. Claro, este teste é mais eficaz em pequenas amostras, como jóias ou flocos aluviais. Esteja ciente de que muitos metais projetados para se parecerem com ouro ainda são densos o suficiente para afundar, então mesmo que a peça passe no teste de flutuação, você ainda deve tentar testes adicionais.

Se estiver incerta, é sempre uma boa ideia pedir uma consulta especializada.

 

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *